Postado em 13 de Novembro de 2015 às 09h36

Instituto Internacional de Pesquisas Chico Mendes confere certificado à CASAN

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento recebe no dia 24 de novembro, em São Paulo, a Certificação Selo Verde – Prêmio Socioambiental Chico Mendes. Ao lado de outras 43 instituições brasileiras, a CASAN será reconhecida com o Troféu Chico Mendes e o Certificado do Programa de Certificação pelo Compromisso com a Responsabilidade Socioambiental. A certificação garante a utilização do Selo Verde do Instituto Internacional de Pesquisas e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes (Inpra).

A CASAN, primeira empresa pública catarinense a receber o Selo Verde, está sendo reconhecida na categoria Case Socioambiental Responsável, devido ao projeto Preservação, Conservação, Recuperação e Manutenção das Matas Ciliares, uma parceria com o Consórcio Iberê. O projeto é desenvolvido na região Oeste, onde se concentra a maior dificuldade hídrica de Santa Catarina.

“Essa premiação tem um significado especial, pois no passado a CASAN chegou a ser considerada uma Companhia poluidora”, ressalta o diretor-presidente da CASAN, engenheiro Valter Gallina. "Agora a empresa é reconhecida por melhorar a qualidade de vida e apoiar a conservação do ambiente."

A CASAN adotará o Selo Verde em todas as suas unidades e nos documentos oficiais, reforçando a ideia de que o saneamento básico está diretamente relacionado à conservação ambiental e à qualidade de vida.

Conservação de mananciais
O trabalho desenvolvido desde 2006 pelo Consórcio Iberê, com repasse de recursos da CASAN, vem proporcionando a recuperação e preservação da mata ciliar na área de sete municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Chapecó/Irani: São Carlos, Águas de Chapecó, Caxambu do Sul, Planalto Alegre, Guatambu, Chapecó e Cordilheira Alta.

Até 2015 foram recuperados 92 hectares da mata ciliar, com a participação de aproximadamente 300 famílias da área rural e o envolvimento de mais de 10 mil pessoas.

Aumento da disponibilidade de água, contenção da erosão das margens dos riachos, reaparecimento de fauna local e melhoria do trabalho e dos produtos fabricados nas propriedades estão entre os benefícios citados por produtores rurais participantes do projeto.
Na avaliação do Instituto Internacional de Pesquisas e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes (Inpra), "o projeto é criativo, sustentável e pode ser replicado, gerando conhecimento científico e qualidade de vida para os agricultores familiares".

A certificação será entregue em paralelo ao 2º Fórum Empresarial Chico Mendes de Sustentabilidade, que vai discutir o tema Água, Gestão, eficiência e Planejamento.


Gerência de Comunicação Social da CASAN
(48) 3221-5034 І 3221-5035 І 3221-5036
Jornalista Arley Reis DRT/SC 746 І areis@casan.com.br
Jornalista Suzete Antunes DRT/RS 5588 І santunes@casan.com.br
Jornalista Ricardo Stefanelli DRT/RS 5371 І ristefanelli@casan.com.br І (48) 9136-9345

Estagiário Maicon Climaco De Souza І e_msouza@casan.com.br І (48) 3221-5292
Estagiária Danielly Angela Ribeiro І e_dribeiro@casan.com.br І (48) 3221-5292

  • Consórcio Iberê -
  • Consórcio Iberê -

Veja também

Resíduos Sólidos06/12/18 No dia 04 de dezembro de 2018 o Consórcio iberê juntamente com o departamento de resíduos da Prefeitura Municipal de Chapecó e um catador de material reciclável representante da Associação de catadores AMARLUZ do município de Chapecó estiveram em Cordilheira Alta para dialogar com uma família de catadores município para tratar da......

Voltar para Notícias